Selecione a cidade:   Rondônia, 26 de abril de 2018   |  Vídeos   |  Notícias Fotos e eventos

Deputado Adelino Follador dá parecer contrário à criação de cargos na Caerd

Segundo o parlamentar, a companhia quer criar cargos de R$ 8 a R$ 23 mil

Tamanho do texto:  A+     A-         Imprimir
Assessoria, 26/03/2018 22h51

 (Foto: )
(Foto: )

Durante a sessão ordinária da última terça-feira (21), foi colocado em votação o Projeto de Lei nº 872/17, de autoria do Poder Executivo no qual autoriza a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) a proceder à contratação de pessoal por tempo determinado para atender necessidade temporária de excepcional interesse público.
O projeto estava com tramitação parada, devido a um pedido de vista do deputado Jesuíno Boabaid (PMN) e com a retirada do pedido foi colocado em votação.
O projeto tinha um parecer do deputado Laerte Gomes (PSDB) que foi rejeitado. De acordo com o Regimento Interno, um novo relator tinha de ser nomeado, pertencente à Comissão de Constituição e Justiça (CCJR). Assim, o presidente da sessão, deputado Ezequiel Júnior (PRB) nomeou o deputado Adelino Follador (DEM) para a nova relatoria.
Ao relatar o projeto, o deputado Adelino enfatizou que a companhia está há quatro meses com os salários atrasados dos atuais servidores e mesmo assim, insiste em criar novos cargos, com salários abusivos que giram de R$ 8 mil a R$ 23 mil.
“Desta forma, presidente, o nosso parecer é contrário ao Projeto e recomendamos o arquivamento do mesmo baseado no Artigo 28-A do Regimento Interno desta Casa”, concluiu Adelino.
Colocado em votação, o parecer foi aprovado provocando o arquivamento da matéria.

Comentários
Comente direto do Facebook

Últimas notícias
Enquete
Qual das seguintes categorias melhor descreve seu status de emprego?

 

Escolha sua cidade:   Editoriais:  
Fotos e eventos
  |  Notícias
  |  Vídeos
Compartilhe você também:
  
  
  
© Copyright 2018 DiarioDaki - Todos os direitos estão reservados Anunicie conosco | Fale conosco | Política de privacidade | Área restrita