Selecione a cidade:   Rondônia, 13 de dezembro de 2017   |  Vídeos   |  Notícias Fotos e eventos

CACAULÂNDIA: Moradores protestam pela restauração de pontes na zona rural

Tamanho do texto:  A+     A-         Imprimir
G1., 28/11/2017 22h55

Com diversos cartazes, os manifestantes pediram agilidade nas obras de reestruturação da ponte (Foto: Andrieli Pagung)
Com diversos cartazes, os manifestantes pediram agilidade nas obras de reestruturação da ponte (Foto: Andrieli Pagung)

Cerca de 40 pessoas realizaram uma manifestação para a restauração das pontes que passam sob o Rio Quatro Cachoeiras e Rio Canaã, no Travessão B-80 e na RO-010 respectivamente, localizadas zona rural de Cacaulândia (RO), no Vale do Jamari. As duas pontes possuem estruturas de madeira e apresentam danificações que impossibilitam o tráfego de veículos pesados. O manifesto aconteceu na última terça-feira (28).

Segundo os moradores, as duas pontes são as principais vias de ligação tanto para transporte da produção agrícola até a área urbana do município como para o acesso das crianças que precisam se deslocar até as escolas.

Com diversos cartazes, os manifestantes pediram agilidade nas obras de reestruturação da ponte e um olhar mais atencioso das autoridades para a zona rural. Em um vídeo gravado durante o protesto, a moradora rural Elaine Batista, puxa um canto de apelo pelas obras na localidade.

“Nós estamos esquecidos, nós somos cidadãos, produtores e pecuaristas, precisamos da ponte. Nossas crianças precisam estudar, queremos a ponte…”, cantaram os agricultores.

Conforme o vereador Douglas Pieper dos Santos, as duas pontes são de responsabilidade do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos de Rondônia (DER-RO), que realizou um serviço para restaurar a estrada no Travessão B-80, entre agosto e setembro, mas que não fizeram reparos nas estruturas das pontes.

“Uma dessas pontes começou a apresentar problemas no início do ano, já a outra tem tido problemas desde outras épocas. A ponte da RO-010 tem um agravante, há alguns meses, pois alguém infeliz foi lá e queimou parte da estrutura e agora está danificada, então não está passando nem carros, caminhões ou ônibus, apenas as motos conseguem atravessar”, comenta o Douglas.

De acordo com Douglas Pieper o trecho do Travessão B-80 retornou para a responsabilidade do DER-RO neste ano, onde ele avalia que o trabalho de recuperação na estrada foi de grande valia aos moradores rurais, mas que há meses, a população tem escutado que as pontes serão reestruturadas, mas o serviço não acontece.

“Todas as vezes que a gente vai ao DER conversar com os representantes, eles falam pra gente que a madeira estava com algum problema na documentação, mas que a madeira iria para o local e falaram isso pra gente várias vezes. Outras vezes falaram que a madeira não estava serrada, e assim que serrasse mandavam, mas já têm uns 60 dias que a gente escuta que a madeira vai estar no local, mas nunca chega e por isso resolvemos fazer o manifesto”, salienta.

A servidora pública Andrieli Pagung comentou ao G1 que um abaixo-assinado está sendo realizado no município para coletar o maior número de assinaturas e encaminhar o documento até a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) para cobrar a reestruturaç&atild e;o das pontes.

DER-RO

Conforme a assessoria do DER-RO, a ponte sobre o Rio Quatro Cachoeiras, situada no Travessão B-80, está sob a responsabilidade da 12ª Residência Regional de Jaru. Já a ponte sobre o Rio Canaã, localizada na RO-010, é de responsabilidade da 2ª Residência Regional de Ariquemes.

Conforme a direção da 2ª Residência Regional, as madeiras para serem utilizadas na reestruturação já foram liberadas judicialmente. “Estamos com problemas de liberação de madeira, pois a autorização judicial já foi dada e a madeira está sendo cortada na serraria. Ainda esta semana, a equipe do DER-RO irá até o local”, relata o assessor.

A assessoria ainda informou que não conseguiu estabelecer um contato com a diretoria da 12ª Residência Regional de Jaru, mas esclareceu que todas as Residências Regionais do estado estavam com a mesma pendência de aguardar a liberação das madeiras.

CACAULÂNDIA: Moradores protestam pela restauração de pontes na zona rural

 

Comentários
Comente direto do Facebook

Escolha sua cidade:   Editoriais:  
Fotos e eventos
  |  Notícias
  |  Vídeos
Compartilhe você também:
  
  
  
© Copyright 2017 DiarioDaki - Todos os direitos estão reservados Anunicie conosco | Fale conosco | Política de privacidade | Área restrita