Selecione a cidade:   Rondônia, 25 de setembro de 2017   |  Vídeos   |  Notícias Fotos e eventos

Jovem é morto a tiros após suspeitos oferecem vaga de emprego em RO

Namorada do jovem ouviu disparos e viu suspeito arremessar tijolo contra a vítima.

Tamanho do texto:  A+     A-         Imprimir
G1, 31/07/2017 12h03

Delegacia de Jaru registrou e investiga o caso (Foto: Flavio Afonso/A Notícia Mais) Ampliar
Delegacia de Jaru registrou e investiga o caso (Foto: Flavio Afonso/A Notícia Mais)

um jovem de 24 anos foi assassinado com disparos de arma de fogo na noite da última segunda-feira (31) em uma propriedade rural localizada no Km 20, da Linha 664, em Colina Verde, distrito de Governador Jorge Teixeira (RO), município a 370 quilômetros de Porto Velho.

Conforme a Polícia Militar (PM), a vítima foi até o local para conversar com a namorada quando os suspeitos chegaram em uma motocicleta, ofereceram uma vaga de emprego e posteriormente, dispararam contra o jovem.
De acordo com a Polícia Militar (PM), os policiais foram informados que um jovem tinha sido atingido por um disparo de arma de fogo na propriedade rural. Diante dos fatos, a polícia realizou patrulhamento de rotina nas proximidades da fazenda, mas não localizou nenhum dos suspeitos em ter praticado o crime.
Ao chegar à propriedade rural, os militares se depararam com a vítima caída e solicitaram uma ambulância da unidade de saúde do distrito de Colina Verde, mas ao chegar no local, foi constatado que o jovem estava sem vida.
A namorada da vítima informou que conversava com ele no lado de fora da casa, quando dois suspeitos chegaram ao local em uma motocicleta sem se identificarem e alegaram que trabalhavam em uma em uma fazenda na região de Cacaulândia (RO). Em seguida, a dupla disse que estava no local à procura de alguém para trabalhar na propriedade rural e que pagariam bem pelo serviço.
Interessado na oferta, a vítima pediu à namorada ir para dentro da residência para pegar papel e caneta no intuito de anotar o número do telefone dos suspeitos e negociar a vaga de trabalho.
Porém, quando a jovem entrou na casa, ela ouviu os suspeitos o ameaçarem e em seguida, o barulho de três disparos de arma de fogo. Ao sair da residência, a jovem avistou um dos agentes arremessar um tijolo contra a cabeça da vítima, que estava caída. A dupla fugiu na motocicleta.
A polícia isolou o local do crime e solicitou a perícia técnica de Jaru (RO), que ao realizar os trabalhos investigativos, constatou que a vítima foi atingida com um disparo na região do tórax. O corpo da vítima foi liberado a uma funerária de plantão. O crime foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Jaru, onde o homicídio está sendo investigado.

Comentários
Comente direto do Facebook

Escolha sua cidade:   Editoriais:  
Fotos e eventos
  |  Notícias
  |  Vídeos
Compartilhe você também:
  
  
  
© Copyright 2017 DiarioDaki - Todos os direitos estão reservados Anunicie conosco | Fale conosco | Política de privacidade | Área restrita